Rodoplast

Pesquisar
Categorias
Redes Sociais

Blog Rodoplast

Você está em | Blog | Caminhões elétricos: Uma utopia ou uma realidade?
Canal do Caminhoneiro

Caminhões elétricos: Uma utopia ou uma realidade?

09 de abril de 2021

Os caminhões elétricos já são parte do cenário urbano, entretanto, é preciso conhecer bem essa tecnologia antes de investir!

Como funciona um caminhão elétrico?

O caminhão elétrico apresenta como diferencial o fato de não ser dependente de diesel para rodar. Esses veículos são carregados na tomada, tal qual é feito com a bateria de celulares atualmente.

A autonomia do caminhão varia de acordo com a capacidade de sua bateria. Em alguns casos, os caminhões elétricos aproveitam a energia usada para frear o veículo com o objetivo de recarregar as baterias.

Dessa forma, é possível aumentar o percurso por ter precisado frear e essa energia não ter sido desperdiçada.

Entretanto, em algum momento o veículo precisará parar para efetuar sua recarga, que demora em média 3 horas dependendo diretamente do modelo de caminhão. 

Caminhões elétricos: uma realidade cada vez mais próxima

Atualmente, os caminhões elétricos já circulam em grandes cidades. Entretanto, são veículos menores que transitam em perímetro urbano.

Recentemente a chinesa JAC anunciou seu caminhão totalmente elétrico com capacidade para 6 toneladas de peso bruto.

O modelo tem o total de 200 km de autonomia. O então presidente da empresa, Sergio Habib apontou que com as tecnologias atuais, não é possível ter um caminhão de longas distâncias.

Essa limitação se dá por conta da necessidade de uma bateria potente demais para que o caminhão percorra longas distâncias.

Por isso, é natural que em países como o Brasil, exista a maior adesão aos modelos híbridos. Uma vez que, os modelos totalmente elétricos geram a dependência de pontos de apoio ao longo da estrada, para recarregar o caminhão.

Caminhões elétricos no Brasil: já são uma realidade?

Sim! O e-Delivery é o primeiro modelo de caminhão elétrico produzido no Brasil, pela Volkswagen. O modelo foi testado pela Ambev, com o objetivo de fazer as entregas de bebidas em território nacional.

A boa notícia é que o e-Delivery passou nos testes e foi capaz de reduzir a emissão de gases poluentes no transporte de bebidas da Ambev.

Por ter sido aprovado em testes feitos pela empresa, a Ambev ampliou os investimentos disponíveis para aumentar a compra de caminhões elétricos.

Cabe destacar que, mesmo com variados modelos disponíveis no mercado atualmente, os caminhões elétricos apresentam algo em comum: a pouca independência.

Os caminhões elétricos atuais são capazes de rodar em média 250 quilômetros por carga completa. Alguns modelos necessitam de no mínimo 3 horas de carregamento para que possam voltar a circular.

Portanto, são veículos que necessitam de rota muito bem planejada, contando com pontos de apoio para que os caminhões elétricos possam ser recarregados ao longo do percurso.

Caminhões elétricos: vantagens e desvantagens dos modelos disponíveis

Os caminhões elétricos disponíveis atualmente no mercado, apresentam vantagens e desvantagens. Confira alguns aspectos:

·  São veículos mais silenciosos;
·  A manutenção custa menos;
·  Abastecer esse tipo de veículo é mais barato;
·  Os motores do caminhão elétrico são mais eficientes;
·  É um veículo que usa energia limpa;
·  É benéfico para o meio ambiente;
·  A autonomia média é de 250 quilômetros por carga;
·  O caminhão elétrico vibra menos, sendo mais confortável de dirigir.

De olho nesses aspectos, cabe identificar se vale a pena investir em modelos elétricos para o seu desempenho na estrada.

Tendo em vista que, a depender de quais trajetos está habituado a fazer, o modelo pode representar uma economia a longo prazo.

Mesmo sendo um veículo mais caro para ser adquirido, a manutenção e custos de recarga menores que os modelos tradicionais, podem compensar no longo prazo.

Tecnologia retrofit: uma alternativa para transformar seu caminhão

Para quem busca um caminhão híbrido, ou seja, que usa a tecnologia de carga elétrica e também pode ser abastecido a diesel, existe a opção de transformar o veículo com a tecnologia retrofit.

Essa tecnologia permite a substituição completa do trem de força do veículo para que ele se torne totalmente elétrico ou híbrido.

Dessa forma, é possível minimizar a emissão de gases poluentes e fazer um investimento que dará retorno.

Afinal, a tecnologia é mais acessível que a compra de um caminhão novo, com o objetivo de ter um veículo totalmente elétrico.

De olho no panorama geral do mercado, cabe a cada caminhoneiro aproveitar as novas tecnologias da melhor forma possível.

Leia também
Canal do Caminhoneiro
Blog do Revendedor
Blog do Revendedor
Fale conosco

Telefone/Fax:
54 3511.1000

contato@rodoplast.com.br

Rodovia BR 116 Km 33, nº 13.600
Bairro Industrial - Vacaria | RS

SAC
Trabalhe conosco
Rodoplast

Siga a Rodoplast

A Rodoplast desenvolve, transforma e comercializa peças plásticas que proporcionam
segurança, economia e utilidade para seus clientes.

desenvolvimento | sixinterfaces