Rodoplast

Pesquisar
Categorias
Redes Sociais

Blog Rodoplast

Você está em | Blog | Cuidado com as peças falsificadas para o seu caminhão
Canal do Caminhoneiro

Cuidado com as peças falsificadas para o seu caminhão

20 de novembro de 2019


Muitas vezes comprar peças falsificadas pode parecer um bom negócio, pois a promessa do falsificador é sempre a mesma: o mesmo produto, só que com preço muito menor.

Mas não é bem assim que funciona, e muitas vezes o barato sai muito caro, e muito arriscado, principalmente em se tratando de um veículo que está sempre na estrada.

É preciso tomar muito cuidado ao substituir peças do caminhão, estas devem ser originais, paralelas ou similares, pois possuem garantia de procedência, diferentemente das falsificadas ou vindas de desmanche.


Peças originais X peças paralelas X peças falsificadas X peças usadas


A peça original é produzida por empresas licenciadas e geralmente são as mesmas empresas que produzem as peças para a montadora do veículo. Os preços nem sempre são convidativos, porém há garantia de procedência e garantia de fabricação.

Peças paralelas são produzidas por empresas também licenciadas, porém não são as mesmas empresas que produzem as peças para as montadoras. Quando produzida por uma empresa de confiança como a Rodoplast, o material usado é basicamente o mesmo que a peça original, os preços são um pouco mais em conta que os originais, e também vem com garantia de fabricação e de procedência.

Peças falsificadas são produzidas por empresas sem licenciamento algum, muitas vezes até sem firma aberta. O material usado é de baixa qualidade, o preço é bem mais baixo que as originais e as paralelas, não tem garantia de fabricação nem de procedência.

Peças usadas tem procedência geralmente de desmanches, o material pode até ter boa qualidade, mas na maioria das vezes a peça vem com avarias. O preço é baixo, não tem garantia de fabricação e nem de procedência.


Porque pagar mais caro por peças originais ou paralelas


Quando falamos em peças paralelas ressaltamos que estamos nos referindo a peças produzidas por empresas sólidas e confiáveis, existem no mercado várias peças ditas paralelas que na verdade são falsificadas. Então cuidado ao comprar para se certificar de estar comprando uma peça com qualidade.

As peças falsificadas ou usadas não tem nenhuma garantia, portanto se houver algum problema, não há para quem reclamar ou recorrer.

O tempo de vida útil de uma peça falsificada ou usada é muito pequeno em relação a peça original ou paralela, o que joga por terra a economia feita na compra.

Ao contrário se houver um incidente, ou mesmo acidente causado por uma peça com má qualidade de material ou defeito de fabricação o prejuízo pode vir a ser grande.

As peças originais e paralelas passam por rigorosos processos de qualidade, não apenas de material, mas também de fabricação, o que garante ao caminhoneiro uma viagem tranquila e sem percalços.

Elas se encaixam perfeitamente em seus lugares sem precisar de ajustes adicionais, o que garante uma vida útil longa e maior desempenho durante o uso, pois são projetadas para isso.


Possíveis problemas causados pelo uso de peças falsificadas


O consumo de combustível pode ser aumentado exponencialmente provocando prejuízos em viagens com fretes preestabelecidos, ou ao repassar para o contratante acabar por perder o cliente.

Atraso na entrega da mercadoria quando houver algum incidente causado por mau funcionamento da peça utilizada.
Maior frequência na manutenção das peças o que eleva o custo de manutenção do veículo, e também estancamento de ganhos, visto que o caminhão precisa parar para fazer tais manutenções.

Perda da garantia de serviços autorizados pelas concessionárias.


Como identificar peças falsificadas.


Muitas vezes o caminhoneiro pode nem saber que está comprando uma peça falsificada, pois na maioria dos casos elas são muito parecidas com as originais.

Aqui daremos algumas dicas para fazer esse reconhecimento e não cair em ciladas:

Se o preço estiver muito baixo, desconfie. As peças originais têm preços tabelados e as paralelas de boa procedência têm preços com pouca diferença das originais.

Peça sempre a nota fiscal do produto, ela garante a procedência do mesmo, os produtos falsificados ou usados não tem nota fiscal. Não esqueça de ver se na nota consta a data da compra e a descrição do produto (modelo, marca, tipo e série).

Peças originais vêm com número de série, esse número garante a assistência em caso de necessidade. Peças falsificadas não tem essa numeração.

A embalagem deve estar em perfeitas condições, contendo todas as informações do produto, inclusive o nome do fabricante. Em caso de dúvida, consulte o QR Code da embalagem, ou o ligue no 0800 pedindo informações complementares.

Verifique a aparência do produto e compare com o que está trocando em busca de diferenças como rebarbas ou imperfeições.
 

Leia também
25 de setembro de 2020 Pós-venda: muito além de apenas ...
Blog do Revendedor
18 de setembro de 2020 Leis de trânsito: segui-las é ...
Canal do Caminhoneiro
09 de setembro de 2020 Como está o seu catálogo de vendas?
Blog do Revendedor
Fale conosco

Telefone/Fax:
54 3511.1000

contato@rodoplast.com.br

Rodovia BR 116 Km 33, nº 13.600
Bairro Industrial - Vacaria | RS

SAC
Trabalhe conosco
Rodoplast

Siga a Rodoplast

A Rodoplast desenvolve, transforma e comercializa peças plásticas que proporcionam
segurança, economia e utilidade para seus clientes.

desenvolvimento | sixinterfaces